MicroPés

ALIMENTOS VIVOS, BIO VIVOS, MICRO VERDES, MICROPÉS(que é como nós dizemos)
Tanto faz que nome lhes damos, as suas propriedades são extraordinárias!
Diferem dos germinados uma vez que os rebentos crescem em solo, desenvolvendo raízes e folhagem miúda. Têm sabor mais intenso que os germinados e maior densidade nutricional do que as folhas maduras.
São chamados de alimentos vivos porque são o resultado da germinação de grãos ou sementes, que após este processo darão origem à planta correspondente. Ora já se consegue perceber que se trata de um alimento de elevada densidade nutricional uma vez que, após a hidratação da semente, em ambiente adequado (oxigénio e temperatura), esta vai libertando todos os nutrientes que nela estão armazenados para que se possa iniciar uma nova vida!
A série de processos bioquímicos que se sucedem, contribuem para a degradação de diferentes constituintes que protegem e armazenam os nutrientes. Ao longo das primeiras 2 a 4 semanas de germinação, estes nutrientes vão sendo libertados, aumentando assim a biodisponibilidade de vitaminas, minerais e antioxidantes, aumentando ainda, o teor e qualidade (valor biológico) das suas proteínas.

Os nutrientes que se encontra em maior teor nestes alimentos são:

  • Vitamina C
  • Betacaroteno – vitamina A
  • Vitamina K
  • Vitamina E
  • Polifenóis e antioxidantes

Durante esta fase da germinação, ocorre a ativação das suas enzimas e quebra de componentes anti-nutricionais, o que contribui para a sua elevada digestibilidade.

De acordo com testes realizados pela Monash University, no contexto da dieta pobre em FODMAP (protocolo para Doença do Intestino Irritável) alguns cereais e leguminosas após germinados, podem conter teores reduzidos de FODMAP quando comparados com o alimento fresco. Ter em atenção que nesse caso os testes foram realizados com germinados e não com os bio vivos, para mais informações sobre este tópico, por favor consulte a Monash University.

Bio – porque são biológicos!
Vivos – porque são para serem colhidos na hora e consumidos crus!

Ter e atenção que devem ser consumidos imediatamente após a sua colheita, uma vez que as sua riqueza nutricional degrada-se rapidamente. Corte apenas a quantidade que for consumir, e reserve em local solarengo e borrifar várias vezes ao dia para que possa continuar a crescer.

Podem ser utilizados em saladas, batidos, sopas, mas também no prato. Já agora, não se esqueça de adicionar um fio de azeite na hora de comer, este passo contribui para melhorar a absorção das vitaminas lipossolúveis que vemos aumentadas nos bio vivos!

Esta semana temos:

AGRIÃO DE TERRA – Barbarea verna

  • Num estudo de 2016, das 30 variedades de micro verdes da familia Brasicaceae, o agrião de terra apresentou a maior concentração de manganês (0,41mg/100mg FW), uma boa quantidade de potássio (376mg/100g FW) e ainda uma concentração de cálcio de 79mg/100g de peso fresco.

AMARANTO TRICOLOR

  • Num estudo realizado em 2012, dos 25 tipos de micro verdes testados, o amaranto vermelho, Amaranthus Hypochondriacus L., apresentou o maior teor de vitamina K1 – filoquinona – (4,1 μg/g), 3,5 vezes mais do que a sua folha madura. Sendo uma fonte rica neste tipo de vitamina K, que é responsável pela coagulação sanguínea, deve ser consumida em moderação por pessoas a tomar medicação anticoagulante.
  • Ainda neste estudo, verificou-se que o amaranto vermelho era uma das sementes com maior concentração de vitamina C, sendo superior em 3-11 vezes superior à sua folha madura, 131,6mg/100g e 11,6−45,3 mg/100 g, respetivamente.
  • Ainda neste estudo, os micro verdes de amaranto vermelho foram considerados uma excelente fonte de beta-caroteno (8,6mg/100g), nomeadamente luteína e zeaxantina (8,4 mg/100mg), apresentando uma concentração semelhante à das cenouras e batata-doce, maduras.

Cortar, lavar e juntar à receita.
Temperar a gosto e comer!

FW – peso fresco

MICROGREENS – “BIO ALIVE”

They are sprouts that are allowed to take root and develop a set or two, of true leaves. They are more flavorful than sprouts and nutritionally superior to both baby greens and regular greens.

They are called live food since they are the product of germination of grains and seeds that will origin a new plant. In a specific set of conditions (water, oxygen, temperature and land), the seed will release all the nutrients stored to initiate a new plant, a new life! Thus it’s easy to understand their high nutrient density.

All of biochemical pathways that occurs, are responsible for the degradation of storage units and the release of the nutrients. Due to this processes, in the first 2 to 4 weeks of germination, the bioavailability of vitamins, minerals, antioxidants and amino acids increases.

The mainly increased components in the microgreens are:

  • Vitamin C
  • Beta- carothen – vitamin A
  • Vitamin K
  • Vitamin E
  • polyphenols

 

In the germination process also occurs the release of enzymes and the breakdown of the anti-nutrients, which enhances microgreens digestibility.

According to Monash University, in the context of the Low FODMAP diet for IBS (irritable bowel syndrome), some cereals and legumes, may have low content of FODMAPs after sprouted, when compared with the fresh and mature plant. Be aware that the tests made here, were with sprouts, not with microgreens, nevertheless, for more information on this topic, please visit Monash University.

We call them bio vivos (bio alive)

Bio – because they are organic!

Vivos/Alive – because they are made to be harvested in the moment and eaten raw!

Be aware that they should be eaten immediately after harvest, since they begin to lose the nutritional value rapidly after harvest. Cut the exact portion you’ll eat and leave the container in a sunny place and spray with water several times a day.

They can be used in salads, juices, soups and also in your favorite dish as a toping or garnish. By the way, don’t forget to add olive oil to your microgreens, since this will enhance the absorption of the fat soluble vitamins that are increased in this live food!

 

This week we have:

UPLAND CRESS – Barbarea verna

  • In a 2016 study, of the 30 variety of Brasicaceae microgreens tested, upland cress had the highest concentration of manganese (0,41mg/100mg FW), a good amount of potassium (376mg/100mg FW), and a fairly good source of Calcium, with a concentration of 79 mg/100g of fresh weight.

AMARANTH TRICOLOR

  • In a 2012 study, of the 25 variety of microgreen tested, red amaranth (garnet), Amaranthus Hypochondriacus L., had the higher content of vitamin K1 – phylloquinone – (4.1 μg/g FW), 3,5 times more than it’s mature leaf. Being such a rich source of this particular kind of vitamin K1, which is responsible for blood clothing, it should be consumed in moderation by individuals taking blood clothing pills.
  • Also in this study, red amaranth showed one of the highest concentration of vitamin C (131,6/100mg FW) , being 3-11 times over the content of it’s mature leaf (11,6-45,6mg/100g FW).
  • In addition, the red amaranth microgreens where considered an excellent source of beta-carotene (8,6/100mg FW), mainly lutein and zeaxanthin (8,4mg/100g FW), similar to mature carrots and sweet potato.

Cut, wash and add to your favorite recipe.

Season at taste and eat!

Micro Pés

Os Micro Pésdesalsa de várias coisas estão já a circular nas mercearias bio que fornecemos, os vasos com aromáticas estão mesmo quase a começar a circular, temos este sol e temperaturas no Algarve que me permitem esta produção que é bem especial. Eu não vivo sem isto, adoro cozinhar com os micro Pés. As saladas ficam uma delicia, as sopas ficam completas e as sandes mais diversificadas, alem disso é um reforço de energia e anti-oxidantes. Vou escrever sobre cada variedade e mostrar novidades.
Continuo convicta com a produção Nacional e com o Biológico.

Abóboras Giras

As abóboras são giras porque têm formas giras e cada variedade tem um sabor especial. É um elemento que pode estar presente em vários pratos e várias refeições. É versátil.
São baixas em calorias e são uma excelente fonte de vitamina A, B,C,E eK, minerais como ferro,cálcio, magnésio, fósforo, manganês e zinco.

Diabéticos: Abóboras são baixas no índice glicêmico e, assim, pode ser útil para pessoas que sofrem de diabetes. Embora sejam doces  são conhecidas para auxiliar na produção de insulina e curar os tecidos pancreáticos. Omega-3 (ácido alfa-linolênico) está presente nas sementes de abóbora e são recomendados para diabéticos.

 Previne o Cancro:são ricas em antioxidantes, especialmente os carotenóides. Estes antioxidantes ajudam no combate ao metabolismo das células cancerígenas. Da mama, do colo do útero, de pulmão, do cólon e cancro da pele pode ser prevenido pelo consumo regular.

Para o Coração: são excelentes para o coração, devido à presença de folatos, carotenóides e magnésio que age como um relaxante dos vasos sanguíneos, assim, reduz a pressão arterial elevada e restringe doenças como derrames e ataques cardíacos. Arteriosclerose ou seja, o endurecimento das artérias, também pode ser prevenida por abóboras.

Gratidão

Depois do incêndio fomos à Quinta ver o que restava e ainda estava a arder numa zona perto da estufa, como tínhamos militares no campo, fomos avisar. Chamaram de imediato os bombeiros e assim conheci o Comandante José Carlos que no pior do incêndio esteve sempre a defender a nossa estrutura, que nos permite ainda continuar esta caminhada.
Queremos agradecer a todos o apoio, e agradeço em especial ao Comandante e a todo o pessoal que esteve com ele, ao reporter João Tiago que atendeu o telefone e esteve sempre a relatar o que se estava a passar, ao Engº Castelão que foi um amigo, ao Sr Vitorino, e ao Marido da minha sócia o Márcio, que se manteve no terreno e evitou a tragédia, pois o fogo reacendeu e estava a caminhar para a estufa, graças a ele e aos vizinhos o pior não se deu.
Agradecemos a todos os clientes e amigos que estão a passar a energia positiva que estamos mesmo a precisar.
O que construímos com tanto esforço não vai acabar por aqui, pode demorar mas vamos voltar a ter tudo colorido com as cores que só a agricultura biológica pode proporcionar.
Vamos continuar os cabazes pois ainda temos zonas a produzir, temos a estufa a produzir, e temos as nossas parcerias com outros produtores que são também nossos amigos.
Somos Bio e Com Muito Gosto!

O Nosso Trabalho

Gostava de conseguir mostrar a todos os clientes e futuros clientes do Pé de Salsa, o nosso trabalho no campo, que apesar de dificil dá-nos muito gozo em fazer. Passa pelo planeamento, gestão do espaço, gestão de recursos humanos, gestão das pragas e doenças, do imprevisivel que é…..
Por vezes falham produtos nos cabazes, produtos que até estão na lista mas depois não há… Pois muitas das vezes planeamos que vamos ter e depois não temos, ou porque choveu e a chuva estragou os morangos e a courgette, ou porque afinal já esteve calor e agora voltou a estar mais frio, e assim os tomateiros não produzem, ou porque choveu torrencialmente e agora não conseguimos passar a ribeira e a couve kale está no outro lado da ribeira.
Esta semana houve algumas faltas nos cabazes, e queremos pedir desculpas, recebemos algumas reclamações e queremos agradecer e pedir que nos digam sempre o que vos vai na alma, pois temos o lema de “conhece o teu agricultor”. Quando há enganos da nossa parte, queremos sempre saber pois resolvemos sempre da melhor forma.Queremos este contacto directo porque é uma forma de estar e de melhorar profissionalmente.
Bem haja o nosso colega José que tem ajudado em muito o Pé de Salsa a crescer,  a colega Manuela, que faz as entregas e dá uma boa ajuda no armazém, ao Luciano e Roberto que ajudam alguns dias da semana.
Somos uma equipa com muita vontade de entregar o que a terra nos dá de melhor- SOMOS BIO E COM MUITO GOSTO

Fomos à Escola EB1 de Olhão :0)

Que dia tão maravilhoso, dia da Terra!!! A convite do Sandro, o pai do Lucas que é um miúdo que frequenta a escola básica nº 1 de Olhão, do agrupamento Alberto Iria, fomos plantar um pequeno canteiro que estava ao abandono no recreio desta escola. A verdade é que a escola tem muitos canteiros ao abandono que ficariam perfeitos se fossem transformados em horta biológica.

Agora a escola tem uma horta feita por estas criança com a ajuda do Pé de Salsa. Há um problema, é que para regar é preciso uma logística grande e por isso o Pé de Salsa vai pedir à Câmara Municipal de Olhão que coloque pelo menos um ponto de água na zona exterior para ser mais fácil e possivel regar. Claro que o ideal seria um sistema de rega automático. Vamos ver o que conseguimos…

Plantamos, melancias, pimentos, pepinos, abóboras, ervas aromáticas, beterrabas, alfaces, e semeamos feijão. A professora plantou mal-me-queres, que são plantas ornamentais que repelem algumas pragas e ao mesmo tempo atraem as abelhas.

Gostámos muito deste evento, sabemos que há muito para fazer, como por exemplo tentar que os outros canteiros se transformem em horta, ensinar as crianças a cuidar da horta e mostrar que não é preciso aplicar quimicos de sintese para controlar as pragas e as doenças.Isto é um trabalho que vai demorar muito tempo, mas esperamos chegar ao objectivo.

Obrigada a todos foi uma tarde muito gira:0)

PLANTAR COUVES

Esta semana estivemos a plantar o resto das couves, a limpar as ervas daninhas e a cortar as folhas da courgette que estão com oídio(um pó branco). Claro que há muitas tarefas que fazemos mas que são parte da nossa rotina ou seja já fazemos sem pensar.Agora temos a ajuda da Manuela e do José que são dois novos colegas que fazem parte da equipa do Pé de Salsa:0) assim somos 4.Para o ano vamos continuar a plantar mais, mas neste momento já estamos a pensar nas culturas de primavera, na agricultura temos sempre que pensar mais à frente.

A EQUIPA DO PÉ DE SALSA DESEJA UM FELIZ 2016 CHEIO DE MUDANÇAS, COMO POR EXEMPLO UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL LIVRE DE PESTICIDAS E QUIMICOS DE SINTESE !!!

COUVE PAK CHOI

A couve pak choi é de origem asiática e é uma couve diferente.Fica bem nas saladas, sopas, cozer ou grelhar. É uma excelente fonte de vitaminas e minerais, sendo rica em algumas vitaminas com propriedades antioxidantes, antioxidantes estes que ajudam a prevenir alguns tipos de cancro e doenças cardiovasculares. Para grávidas é um excelente alimento pois é rica em vitamina C e ácido fólico. A couve pak choi tem bastante fibra, que evita a prisão de ventre.

 

Natal Pé de Salsa e Rosa Chock

O Pé de Salsa vai estar presente na loja mágica ROSA CHOCK em Faro, no dia 27 NOVEMBRO entre as 17h-19h. E o que é que vai acontecer?! As crianças vão escrever a carta com a ajuda da Mãe Natal e colocar no marco do correio, que vai direitinho ao Polo-Norte, depois vão tirar fotografias lindas com  o Pai Natal e desfrutar das surpresas que neste dia vão surgir.

Venham ter connosco para um fim de tarde cheio de magia e inesquécivel, porque há coisas que ficam para sempre na memória das crianças!!!

Mais informações- geral@pedesalsa.pt ou 964257772

Cabaz Encomenda e Cabaz Pé de Salsa

Temos muito gosto em conseguir entregar os nossos cabazes de agricultura biológica. É uma forma de alimentação super saudável e estão a contribuir para uma melhor economia. Consumir local deve-se tornar um lema, e uma forma de luta contra as injustiças.
Neste momento estamos a preparar o nosso terreno para mais plantações, as de Outono e Inverno, pois temos que aproveitar que o terreno está quentinho para um bom desenvolvimento das nossas plantas. Estamos a fazer muitos tabuleiros de couves, alfaces, cebolas, rucula, espinafres, courgette, pimentos das antilhas, tomates, assim vamos preencher as nossas estufas, com as culturas que gostam mais do quentinho, e o terreno ao ar livre que é rodeado por uma paisagem magnifica.
Aceitamos visitas e até estamos a planear fazer um workshop de cosmética Bio!!! Que delicia!!!!

Cabazes

Cabazz3

 VEJA A LISTA AQUI PARA O CABAZ ENCOMENDA:
Depois de preencher a lista em excel devolva para o nosso email, e na próxima Quinta -Feira entregamos na morada que nos der:0)….
CABAZ PÉ DE SALSA €20: 
Por vezes há necessidade de substituir produtos, pois nem sempre há as quantidades que esperávamos, ou acontece alguma coisa que não estávamos à espera, enfim….tudo se resolve!!!
  • Abóbora
  • Beringela
  • Cebola
  • Cenoura
  • Espinafres NZ
  • Pepinos
  • Pimentos
  • Pimento Padrão
  • Tomate Cereja
  • Tomate
  • Melancia
  • Meloa
  • Figos
  • Hortelã
  • Manjericão